Alerta de Viagens

Nível Países/Destinos Medidas de Protecção

Evite viajar: O nível de ameaça à segurança pessoal é extremo. Os residentes de Macau que planeiem viajar ou que se encontrem no destino, devem estar cientes da gravidade da situação e da assistência oficial que pode ser prestada. É aconselhado que se evite viajar e, em determinadas situações serão aconselhados pelo Gabinete de Gestão de Crises do Turismo a abandonar o destino. 

Reconsidere viagens não-essenciais: O nível representa um aumento da ameaça à segurança pessoal. Os residentes de Macau que planeiem viajar ou que se encontrem no destino, devem reconsiderar a viagem neste momento. É sugerido que se evitem viagens não essenciais.

Tenha atenção: O nível representa o surgimento de uma ameaça à segurança pessoal. Os residentes de Macau que planeiem viajar ou que se encontrem no destino, devem estar em alerta quanto à sua segurança pessoal. É sugerido que se mantenham atentos e que acompanhem o desenvolvimento dos acontecimentos. 

Nota:

O Sistema de Alerta de Viagens não tem carácter proibitivo, cabendo a cada indivíduo a decisão de viajar ou de ajustar os seus planos de viagem de acordo com as informações disponibilizadas. O GGCT recomenda aos residentes de Macau antes de viajarem para adquirirem seguro de viagem, com opção de cobertura para evacuação médica de emergência internacional, bem como verificarem com as suas seguradoras em caso de dúvida sobre os termos e condições da sua cobertura.

Outros Avisos:

Ao viajar para o exterior, os residentes de Macau devem prestar sempre atenção aos seus objectos pessoais e documentos de viagem para evitar roubos e assltos, estes devem ainda, evitar protestos e locais inseguros.

Ao se deslocarem para um determinado destino, os residentes devem estar sempre cientes e respeitar as leis locais, costumes e crenças religiosas praticadas nesses mesmos destinos.

Para além dos alertas emitidos, os residentes de Macau devem também cuidadosamente planear os seus itinerários para os seguintes países e destinos:

Albânia:

Distritos do noroeste (Kukes, Has e Topoge)

Angola:

Cabinda, Lunda Norte e Lunda Sul

Arábia Saudita:

Regiões fronteiriças com o Iêmen (Najran), regiões fronteiriças com o Iraque e Jeddah

Bangladesh:

Zona das Colinas de Chittagong, Daca

Brasil:

Espírito Santo

Camboja:

Templos de Preah Vilhear, Ta Krabey e Ta Moan

Canada:

Edmonton em Alberta

Espanha:

Barcelona

Estados Unidos da América:

Nova Iorque

Filipinas:

Mindanao, incluíndo a Península Zamboanga e o arquipélago de Sulu

Índia:

Jammu e Caxemira

Indonésia:

Províncias de Celebes Central, Papua e Papua Ocidental

Japão:

Prefeitura de Fukushima

Malásia:

Resorts costeiros na parte oriental de Sabah, incluindo as ilhas e locais de mergulho

México:

Ciudad Juárez (Chihuahua), sul do Valle del Río Bravo, zonas fronteiriças com o estado do Texas (entre Nuevo Laredo e Playa de Bagdad), San Fernando, Burgos, Ciudad Victoria, Regiões de Tampico, Guerrero, Tonalá (Chiapas), estado do México, Puebla e Morelos.

Marrocos:

Região do Saara Ocidental

Moçambique:

Sofala, Manica, Tete, Zambézia e norte de Inhambane, viagens por estrada especialmente à noite na EN1, entre o rio Save e Muxungué e de Gorongosa a Caia, bem como a viajar estrada EN6 entre Beira e Chimoio e Mocimboa da Praia (Cabo Delgado)

Myanmar:

Estados do Norte e ocidentais e áreas ao longo da fronteira com a China, Laos e Tailândia, Arracão.

Peru:

Zonas de fronteiriças com a Colômbia e Equador (nas regiões de Loreto, Amazonas e Cajamarca)

Rússia:

São Petersburgo, Donetsk, Luhansk, Rostov, Belgorod, Voronezh norte do Cáucaso e cidades localizadas na fronteira com a Ucrânia

Suécia:

Estocolmo

Tailândia:

Província de Songkhla, Pattani, Yala, Narathiwat e área disputada em torno de Preah Vihear

Informações úteis:

Assunto Informação de referência

Vírus Ébola

A doença por vírus Ébola (Ebola Virus Disease) é causada pela infecção com o vírus Ébola, que pertence à família chamada Filoviridae. Esta é uma doença viral aguda grave, que tem uma taxa de mortalidade a 50-90%.

Os surtos ocorrem principalmente em aldeias remotas, perto de florestas tropicais da África Central e Ocidental. Actualmente, a situação epidémica continua precária na região do Oeste Africano, incluindo a Guiné Conacri, Libéria e Serra Leoa.

Mais informações: http://www.ssm.gov.mo/Portal/csr/pt/main.aspx

http://www.ssm.gov.mo/docs/7371/7371_efbdc637b2904ec4ba1146391f4be1ee_000.pdf

Vírus Zika

 

A doença do vírus Zika é uma doença transmissível provocada pelo vírus Zika (em inglês, Zika Virus), do género Flavivirus, tal como a encefalite japonesa, a febre amarela e a febre dengue, dividindo-se principalmente em dois subtipos: asiático e africano.

Até ao momento, para além dos vários países da África e das Américas onde foram detetados casos de infecção pelo vírus Zika, foram também registados casos esporádicos da infecção em alguns países asiáticos e europeus, casos estes que decorreram de viagens de cidadãos ao exterior.

Mais informações: http://www.ssm.gov.mo/Portal/csr/pt/main.aspx

http://www.ssm.gov.mo/docs/9731/9731_5f444c3db4bf4f73a37883f7723bbb2a_000.pdf

Mers-CoV

A infecção da síndrome respiratória do Médio Oriente (MERS) é causada por um novo tipo de coronavírus. O vírus que causa esta doença é denominado pela Organização Mundial de Saúde como MERS-CoV. Este vírus foi detectado pela primeira vez num ser humano em 2012. O vírus da MERS pertence à mesma família do vírus responsável pela síndrome respiratória aguda severa (SARS), que ocorreu em 2003. Actualmente, as regiões afectadas são principalmente concentradas nas regiões do Médio Oriente, também já foram registados casos de infecção das pessoas na Europa, Estados Unidos e Ásia, que têm relação directa ou indirecta com os países do Médio Oriente

Mais informações: http://www.ssm.gov.mo/Portal/csr/pt/main.aspx

http://www.ssm.gov.mo/docs/6903/6903_4fffca59d37d4ee59657407d1c6d54f9_000.pdf

Febre do Dengue Informação referente à prevenção da febre do Dengue para residentes que viajem para fora do território: http://www.ssm.gov.mo/docs/4568/4568_269c83a8c6ce4d3b922d8e89d21a29bf_000.pdf
Terrorismo

Terrorismo pode se considerado como um conjunto de actos de violência cometidos por agrupamentos revolucionários ou radicais como é o exemplo do Estado Islâmico do Iraque e da Síria (ISIS, na sua sigla inglesa), estes actos ocorrem sem prévio aviso e não sendo ainda circunscritos a um determinado país ou região.

Exemplos actos terroristas recentes:

Dezembro de 2016

- Alemanha (Berlim)

 

Julho de 2016

- França (Nice) e Alemanha (Munique e Würzburg)

 

Março de 2016

- Turquia (Ancara) e Bélgica (Bruxelas)

 

Janeiro de 2016

- Indonésia (Jacarta)

 

Novembro de 2015

- França (Paris)

Radiação

Devido a acidentes com centrais nucleares, exploração de materiais radioáctivos ou outros acidentes tecnológicos, existem locais ou regiões consideradas como sendo de alto risco e pelo qual não é permitida ou aconselhada a presença humana.

Examples:

  1. Fukushima, Japão
  2. Chernobyl, Ukrânia
  3. Mailuu-Suu, Quirguistão
  4. Mayak, Russia
  5. Hanford (Washington State), Estados Unidos da América
Zonas afetadas por principais doenças infecciosas: http://www.ssm.gov.mo/docs//postHandler.ashx?attach=6830