Mecanismos de contingência mais aperfeiçoados para gestão de crises de turismo


2009-04-03 21:16

Fonte : Gabinete de Gestão de Crises do Turismo

O presidente do Gabinete de Gestão de Crises de Turismo (GGCT) e Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura, Chui Sai On, sublinha que a saúde dos residentes locais e garantia de regresso em segurança são sempre prioritárias em caso de crise de turismo e que o GGCT não pouca esforços para cumprir a sua missão com sucesso.

 

Chui Sai On relembrou, em conferência de imprensa, que o Gabinete de Gestão de Crises de Turismo no Exterior viu alterada a denominação, no passado mês de Fevereiro, para o Gabinete de Gestão de Crises de Turismo, e as respectivas competências alargadas, para poder tratar também das situações de crises de turismo em Macau.

 

O mesmo responsável adiantou que a estrutura já definiu estratégias e mecanismos de coordenação mais aperfeiçoados para tratar as crises de turismo de forma sistemática, mais eficaz e atempadamente, a fim de minimizar o impacto negativo, tanto para os habitantes como para os visitantes.

 

E, sublinhou que o GGCT dá sempre prioridade à segurança dos residentes e visitantes, desenvolvendo os seus trabalhos, principalmente, com base em três pontos:

 

Primeiro, informação sempre actualizada: logo que tem conhecimento da ocorrência, o GGCT tem uma reunião de imediato, entre uma a três horas depois, para avaliar a situação e medidas de contingência;

 

Segundo, troca de informações: em caso de crise de turismo no exterior, é preciso assegurar que os residentes, que se encontram fora do território, e respectivos familiares em Macau têm acesso às informações mais actualizadas para evitar reacções negativas;

 

Terceiro, apoio: mobilizar, através de vários canais, o pessoal local e no exterior para trabalhar no terreno da ocorrência.

 

O coordenador Costa Antunes indicou, na mesma ocasião, as competências, estrutura e o mecanismo de entrada em funcionamento do GGCT, bem como as linhas abertas para contacto telefónico permanente em situação de crise, além do endereço do portal electrónico www.ggct.gov.mo, onde o público pode saber mais sobre as competências do GGCT e aceder a informações actualizadas e úteis em caso de necessidade.

 



-- Fim --