Serviços de Saúde apelam aos cidadãos que se desloquem a Angola para se vacinarem contra a febre amarela


2016-03-30 23:03
 
Fonte : Serviços de Saúde (http://www.gcs.gov.mo/showNews.php?PageLang=P&DataUcn=98318)
 

De acordo com as informações da Organização Mundial da Saúde, desde o passado mês de Dezembro que ocorre em Angola um surto de febre Amarela que já infectou cerca de 450 pessoas entre os quais foram registados 178 casos mortais.

No interior da China têm sido registados diversos casos importados de febre amarela diagnosticados em cidadãos que estiveram em Angola. Face à situação epidémica, os Serviços de Saúde apelam a todos os residentes que estejam interessados em viajar até Angola ou outras regiões afectadas com febre amarela com uma antecedência mínima de 10 dias a contar da sua partida, devem deslocar-se ao Centro de Saúde de Tap Seac ou Centro de Saúde dos Jardins do Oceano para serem submetidos à vacinação contra a febre amarela.

A febre amarela é uma doença transmissível aguda, transmitido principalmente por picadas de mosquitos Aedes, em regiões trópicas da América Central e do Sul e da África. Os sintomas clínicos da doença são essencialmente febre, icterícia, hemorragia, entre outros. Após a infecção só cerca de 5% a 20% das pessoas apresentam sintomas clínicos e apenas uma minoria das pessoas apresentam sintomas graves ou até morte. Ainda não existe tratamento específico contra a febre amarela, baseando-se principalmente em tratamentos sintomáticos e de suporte. Contudo existem vacinas para a prevenção da mesma.

No entanto e como medidas preventivas durante a estadia nos locais de risco os cidadãos devem evitar picadas de mosquitos, devem também vestir roupas com mangas compridas e ficarem alojados em sítios com ar condicionado ou instalações antimosquitos. No exterior devem aplicar repelente antimosquitos. Caso exista suspeita de ter contraído febre amarela, deve recorrer, atempadamente, à consulta médica.

Para mais informações, os residentes podem ligar para a linha aberta das doenças transmissíveis dos Serviços de Saúde n.º 28700 800 ou consultar o endereço electrónico dos Serviços de Saúde sobre Informações de doenças transmissíveis http://www.ssm.gov.mo/csr/ .

 


-- Fim --