GGCT recebeu um pedido de assistência sobre o incêndio ocorrido no hotel em Yangon, Myanmar


2017-10-19 21:00

Fonte: Gabinete de Gestão de Crises do Turismo

O Gabinete de Gestão de Crises do Turismo (GGCT) recebeu hoje (19 de Outubro) uma notificação do Centro de Emergência Global para Protecção Consular e Serviços do Ministério dos Negócios  Estrangeiros da China sobre uma residente de Macau que se encontrava de viagem com a sua família em Yangon, Myanmar, e que sofreu ferimentos na cintura enquanto se fugia de um incêndio ocorrido no hotel. Os seus familiares entraram de seguida em contacto com o GGCT solicitando assistência.

Pelas 18:00 horas, o GGCT voltou a entrar em contacto com a Embaixada da China em Myanmar, bem como com a residente em causa para obter uma situação actualizada. A Embaixada da China em Myanmar confirmou ter só um cidadão chinês ferido no incêndio, sendo esta a residente de Macau que solicitou apoio ao GGCT, de sexo feminino, com cerca de 40 anos de idade. Neste momento, a residente encontra-se fora de risco de vida e consciente, mas incapaz de se movimentar. A família está a tratar do visto de entrada para deslocar-se ao Myanmar. O GGCT manterá em contacto permanente com a Embaixada da China em Myanmar e com a residente a fim de prestar as possíveis assistências.

Caso necessário, os residentes de Macau podem entrar em contacto com:

Linha Aberta para o Turismo - 24 Horas +853 2833 3000;

Embaixada e Consulados da China ou o Centro de Emergência Global para Protecção Consular e Serviços do Ministério dos Negócios Estrangeiros Linha Aberta 24 Horas: +86 10 12308 para assistência.

-Fim-


-- Fim --