A embaixada da R.P.C. na Tailândia relembra os cidadãos chineses em Banguecoque a manterem-se vigilantes


2014-01-09 21:55

Fonte : Gabinete de Gestão de Crises do Turismo


Perante a mais recente situação de segurança na Tailândia, a Embaixada da R.P.C na Tailândia, relembra os cidadãos chineses a manterem-se vigilantes. Segue-se a tradução na íntegra da mensagem:

 

"Os líderes do protesto anti-governamental anunciaram recentemente que estes irão vedar o acesso às principais ruas de Banguecoque, com início a 13 de janeiro, acção que deverá prolongar-se por vários dias. As manifestações programadas terão lugar nas proximidades do Monumento à Democracia em Banguecoque, do gabinete do Primeiro-Ministro, junto às varias sedes governamentais, residências privadas dos membros do Conselho de Ministros tailandês, "Chinatown", estrada de Sukhumvit e outros grandes distritos comerciais.

 

De modo a evitar qualquer acidente inesperado, a embaixada da R.P.C. na Tailândia, apela aos cidadãos chineses que se encontram na Tailândia, especialmente os que se encontrem em Banguecoque, a manterem-se vigilantes e atentos aos desenvolvimentos de segurança local, mantendo-se dentro de portas durante o periodo de "Encerramento", longe dos locais de manifestação e a evitar os comícios. Deverá ser dispendido um maior período de tempo para deslocações ao aeroporto e dar primazia à urtilização dos caminhos de ferro. Caso a sua segurança esteja em risco, é favor de contactar Embaixada da R.P.C na Tailândia, Tel: 0854833327."

 

O Gabinete de Gestão de Crises do Turismo (GGCT) irá continuar a acompanhar de perto o desenvolvimento da situação, alertando os cidadãos de Macau que estão em Banguecoque ou aqueles que tencionem deslocar-se ao país, para estarem atentos aos desenvolvimentos da situação de segurança local, a evitarem as zonas com grandes aglomerados de pessoas, manifestações e a tomarem as necessárias precauções com vista à sua segurança pessoal.

 

Até à presente data o GGCT recebeu um total de 64 solicitações, não tendo recebido qualquer pedido de ajuda. Em caso de necessidade, os residentes de Macau poderão ligar para a Linha Aberta-24 Horas do Turismo (853) 2833 3000 ou contactar a Embaixada da República Popular da China na Tailândia, para assistência.

 



-- Fim --