DST resolve caso de visitantes abandonados


2011-09-24 18:54

Fonte : Direcção dos Serviços de Turismo

A Direcção de Serviços de Turismo (DST), em conjunto com o Gabinete de Gestão de Crises do Turismo (GGCT), solucionou hoje um caso que envolveu mais de 360 visitantes do Interior da China, abandonados esta manhã no Terminal Marítimo temporário da Taipa e no Terminal Marítimo do Porto Exterior.

 

Os visitantes do Interior da China abandonados participavam num excursão de quatro dias a Hong Kong e Macau organizada por uma agência de viagens de Shenzhen. Esta manhã, depois de terem viajado de barco de Hong Kong para Macau acompanhados pelo líder do grupo de Shenzhen, após a chegada a Macau, descobriram que não havia nenhuma agência de Macau para receber o grupo. O líder do grupo de Shenzhen ligou imediatamente para Shenzhen para averiguar a situação. A agência de viagens de Shenzhen informou que havia cancelado o itinerário em Macau.

 

O Director da DST, João Manuel Costa Antunes, dirigiu-se ao Terminal Marítimo temporário da Taipa e no Terminal Marítimo do Porto Exterior para se inteirar do sucedido e resolver o problema. A DST e o GGCT adoptaram de imediato as medidas necessárias e, com o apoio de operadores turísticos, foram providenciados autocarros de turismo para transportar os visitantes afectados até ao posto fronteiriço das Portas do Cerco, para regressarem ao Interior da China.

 

De entre os visitantes, cerca de 350, optaram por apanhar os autocarros. Outros dez visitantes, a par com o líder do grupo, permaneceram no Terminal Marítimo temporário da Taipa à espera de mais informações da agência de viagens de Shenzhen, mas, entretanto, também já deixaram o local pelos seus próprios meios.

 

 



-- Fim --