GGCT apela à população para não viajar para o Japão


2011-03-17 23:59

Fonte : Gabinete de Gestão de Crises do Turismo

Face à situação grave e incerta decorrente do incidente da central nuclear nipónica de Fukushima, o Gabinete de Gestão de Crises do Turismo (GGCT) criou uma linha aberta, da rede telefónica do Japão, destinada aos residentes de Macau que ainda se encontram no país, para pedido de informações.

 

E, em caso de necessidade, tentará prestar toda a ajuda possível, incluindo a quem tem planos de regresso a Macau, apelando à população para não viajar, por ora, para o Japão.

 

O número de contacto telefónico de emergência do GGCT no Japão, nas línguas inglesa e japonesa, é o seguinte: 09027490386 (chamadas feitas dentro do Japão) e 819027490386 (chamadas feitas a partir de Macau).

 

Os residentes de Macau podem, no entanto, continuar a telefonar para a linha aberta do turismo: (+853) 2833 3000.

 

Entretanto, o Ministério dos Negócios Estrangeiros, através da Embaixada no Japão, criou um novo serviço de contactos de emergência (24 horas) e informações para os cidadãos que se encontram no Japão: 03-3403-3388, extensões 8881, 8882 e 8712.

 

Simultaneamente, o Gabinete tem estado a tentar contactar, via SMS e outras, com as pessoas de Macau, com telemóvel da rede local, que ainda se encontram no Japão.

 

Segundo dados fornecidos pelas quatro operadoras de redes de telecomunicações móveis, existem actualmente cerca de 79 utentes de telemóveis de Macau com serviços de roaming no Japão. Por sua vez, o sector do turismo informou que neste momento não há nenhuma excursão local no Japão.

 

De acordo com a Air Macau, a empresa vai passar a utilizar aviões com maior lotação nas carreiras para Tóquio.

 

O GGCT mantém-se em contacto com o Comissariado do Ministério dos Negócios Estrangeiros na RAEM, o sector do turismo, os diversos serviços públicos e representação da Direcção dos Serviços de Turismo no Japão, para se inteirar sobre a situação actualizada pós-sismo.

 

O Gabinete apela ainda às pessoas de Macau, que estão no Japão, para prestarem atenção às indicações de segurança do governo nipónico, tomando as precauções necessárias para garantia da segurança pessoal.

 

Até às 19h00 de hoje (17 de Março) o GGCT contabiliza já um total acumulado de 284 pedidos de informação, sendo os mais recentes relacionados, principalmente, com a actualidade no Japão e a situação dos transportes aéreos.

 

Para mais informações, os interessados podem ainda consultar os seguintes portais:

GCS: http://www.gcs.gov.mo

SMGM: http://www.smg.gov.mo

DSS: http://www.ssm.gov.mo

IAS: http://www.ias.gov.mo

DSPA: http://www.dspa.gov.mo

GGCT: http://www.ggct.gov.mo

 



-- Fim --