GGCT encerra contingência imposta pelo caso Viva Macau


2010-04-07 20:46
Fonte : Gabinete de Gestão de Crises do Turismo

O Gabinete de Gestão de Crises de Turismo (GGCT) anunciou hoje o fim do mecanismo de contingência imposto pelo caso da Viva Macau, tendo encerrado às 18h00, os balcões de atendimento da GGCT e do Conselho de Consumidores, instalados no Aeroporto Internacional de Macau, assim como a linha especial de atendimento (2833 3088) e a linha aberta ao exterior.

Tendo em conta que as competências do GGCT não incluem reembolso de bilhetes, os passageiros interessados devem contactar o Conselho de Consumidores da RAEM através da linha aberta disponível: 8988 9315 ou do site: http://www.consumer.gov.mo/c/. Para assuntos de carácter geral por favor contactar a linha de atendimento do turismo 2833 3000.

Nos últimos dias, o GGCT apoiou 460 passageiros estrangeiros na marcação de passagens aéreas de regresso, 363 residentes de Macau retidos no exterior, e recebeu pedidos de informação ou apoio através de 1.184 chamadas provenientes da linha especial de atendimento local e 367 chamadas da linha aberta ao exterior. O Conselho de Consumidores recebeu um total de 525 pedidos de informação ou de apoio. Até ao momento foram dispendidos 3 milhões de patacas na resolução das situações geradas pelo caso da Viva Macau, mas o montante final ainda está por aprovar.

Mais de 100 pessoas participaram no processo que envolveu os trabalhos de contingência, incluído 4 funcionários do GGCT, 70 da Direcção dos Serviços de Turismo, 16 do Gabinete de Comunicação Social e 12 do Conselho de Consumidores.

 


-- Fim --